Quem somos nós;

Minha foto
Desde 1999 o projeto Brigada Hip Hop PE, traz os originais ensinamentos da cultura de rua e a preocupação de manter, através de seus elementos, que formam a cultura (Dança, Breakin, DJ, Mc e o Graffiti) uma identidade na construção da cidadania de crianças e adolescentes. O Projeto se inscreve numa linguagem natural, de forte impacto social e de efeito multiplicador, descobrindo e potencionalizando a articulação dos jovens com os movimentos sociais e com a mobilização da cidadania.

domingo, 27 de março de 2016

Um pouco mais de Hip Hop...leia e entenda.

Informação nunca e demais, a cultura hip hop tem se expandindo e cada dia elementos tem sido agregados, a evolução e constante e a busca de informação de todos que se dizem hip hop e importante saber para se poder representar, afinal a cultura transforma vidas de jovens que hoje buscam a sustentabilidade dentro do hip hop e muitos ainda não entendem nada ou o porque essa cultura existe, e qual o proposito ...por isso e importante estudar buscar informações e entender o seu meio, do que você faz parte.
Hip Hop
Hip Hop significa, em tradução literal, “balançar os quadris”. É um movimento que tem quatro frentes básicas: a dança, a música, a arte e a mixagem de som. São respectivamente a break dance, o graffiti, o rap e o djing. Teve sua formação nos anos 70, nos EUA, nas comunidades negras e de imigrantes jamaicanos e latino-americanos.
Break dance
É um estilo de dança de rua que começou a ter mais visibilidade como uma manifestação popular, quando tentava afastar os jovens das gangues que eclodiam na cidade de Nova York, em meados dos anos 70. Apesar de ser um estilo de dança, muito de seus praticantes a consideram um estilo de vida.
Graffiti
É uma importante forma de expressão artística moderna, incluída no campo das artes plásticas. Sua principal função é criar intervenções em áreas urbanas, colorindo as cidades e levando arte junto com engajamento social e reflexão. Apesar de ter suas semelhanças, o grafitti se distingue, para alguns, da contravenção penal chamada “pixação” de propriedade pública e privada, sendo uma forma de arte mais elaborada. A graffitagem, hoje, é muito prestigiada, sendo parte essencial da paisagem urbana moderna.
Rap
É um dos mais importantes pilares da cultura Hip Hop. É sua parte poética. Sua tradução literal é “ritmo e poesia” e surgiu no final do século XX, nas comunidades negras dos Estados Unidos, sendo uma influência da cultura jamaicana. Começou a tomar forma nas festas dos anos 70, quando um DJ cuidava do som da festa e um MC ficava no palco com um microfone para animar a galera. Os temas iniciais tratados pelos MC’s americanos não eram engajados; foi aos poucos que uma consciência social surgiu e formou o que hoje se conhece como rap.
MC
Muitas vezes confundido com um cantor, o MC (Mestre de Cerimônia) é, antes de tudo, um denunciante das mazelas sociais. Ele é a parte linguística do Rap que, por meio das palavras, em especial a rima, trás visibilidade para as experiências, problemas e injustiças sofridas pelas classes menos favorecidas da sociedade. Por meio de sua poesia, improviso e rimas, a periferia ganha uma voz para suas lutas e desabafos.
DJ
Os DJ’s do Hip Hop e do Rap são criadores, ou seja, são eles que produzem as bases rítmicas para esses etilos. Assim, os DJ’s foram fundamentais no surgimento do Hip Hop e do Rap, pois criaram as batidas características desse tipo de música. Antigamente, usavam-se mesas de som com discos de vinil para mixar, mas hoje é cada vez mais presente a tecnologia nesse meio.

terça-feira, 22 de março de 2016

Recifusion versão 8.0 programação geral.

A programação geral da oitava edição já está na rua, vem ver:http://bit.ly/programaçãogeralRF8
Serão 10 dias intensos de programações e muita tinta. Bem vindxs ao caos!! ‪#‎recifusion8‬ ‪#‎docaosalata‬

segunda-feira, 21 de março de 2016

Curso de formação em Gestão e Organização individual no coletivo BACUARA em rio doce - Olinda.


Durante todo Domingo de troca de experiencias com toda a rapziada do Bacuara da cidade de Olinda em rio doce, a convite da Dorinha fomos fazer um mini curso com temas como planejamento, organizaão e comunicação para fortalecer a organização BACUARA, em suas
atividades na comunidade, alem de falar a respeito do hip hop e seus 4 elementos que são a base da cultura tambem falamos dos outros 5 elementos que conpoe a cultura hip hop feita pelo mestre KRS - ONE, que fez um upgrade nos dando outra visão maior e melhor dentro da cultura hip hop, a importancia da zulu nation na preservação da historia do hip hop nacional e mundial, e linhas de ações sobre a cultura e o sistema de cultura, foram alguns dos temas abordados, agradeço a todos que fazem a brigada , Fernando ( pardo ), cesar (kfc ), ezequeiel ( casa do social ) a ericka ( assistente social ), harrysom * moura produções ), dabulo ( brigada ), vicente ( atitude ), a todos da capoeira,
kung fu, diretores, membros e a galera que faz o hip hop em rio doce, pela contribuição e a todos os presentes que foram da associação das mães e do bacuara , esperamos ter fortalecido a todos com novas praticas e ideias para a promoção dos trabalhos sociais na comunidade da 4 etapa de rio doce. mais fotos ...https://www.facebook.com/bacuara.silva/media_set… também em , https://www.facebook.com/brigadahiphop.pe/




CINEGRAFFITI...RF8

Hoje tem o primeiro dia da mostra Cinegraffiti, uma noite especial com filmes, música e cerveja geladinha. O DJ MAS estará animando a festa no final das exibições. Confira a programação e não deixe de comparecer! 

Segunda | 21/03

Sampa Graffiti – Tikka/ BR , 2015 - Dir. Paulo Taman
Graffiti dança / BR, 2013 - Dir. Rodrigo EBA!
Style Wars / EUA, 1983 – Dir. Tony Silver
21h – DJ MAS

Mais informações acesse: http://bit.ly/cinegraffitiRF8


sexta-feira, 11 de março de 2016

Battle in the Cypher 2016, aqui a ideia e uma só....DIVERSÃO.

Um dos melhores eventos da nossa cultura hip hop no pais.
Battle in the Cypher 2016
Mais um ano viemos a convidar todos os admiradores da cultura Hip Hop para confraternizar e do ano, onde envolvemos e canalizamos muito mais que somente energia para batalhas, colocamos dedicação e amor em cada detalhe, desde a preparação da exposição de boombox que chamamos de Expo Falantes, transformamos batalhas e cyphers em festas onde o prêmio e o EU devem ficar em segundo plano, expo de jaquetas grafitadas apelidada por nós de jackart, uma exposição de capas de vinis clássicos, palestras para enriquecimento cultural, workshops tanto de dança como graffiti e djing, não para nos tornarmos deejay ou writer, sim para entender e respeitar elementos que começaram e compartilharam crescimento em 1973 quando reunidos em uma festa por kool Herc, Esta festa BitC busca celebrar e retomar alguns princípios, hoje talvez esquecidos, mas logo ensinados pelo Hip Hop: Peace, Unity, Love and Having Fun. Sejam bem vindos a mais um Battle in the Cypher.
compartilhar de algo que vivemos 365 dias 
Menos competição e mais diversão.
Maiores informações em nossa página ou site www.nestpanos.com - Insta @nestpanos @battle_in_the_cypher
Organização Nest Panos Apoio: De Paris - Chillin - 182 tattoo - Chili Beans - Real - Conexion Sururbana - Street art - Power Caps - Dedo Sujo - loop - Fresh Underground - Liber - Gráfica Bento - Fundação Casa das Artes - Prefeitura de Bento Gonçalves-RS Este projeto foi contemplado com o prêmio Cultura Hip Hop em 2014 - Funarte.
Foram 5 edições já do Battle in the Cypher, e nesse final de semana as ultimas duas em 2 paises, Paraguai e Uruguai recebem a festa da cultura Hip Hop, que de 21 a 27 de março aqui em Bento Gonçalves, em 7 dias temos exposições, palestras, jam de graffiti, cyphers, troca de idéia, workshop, cinema....e ...... bom, tem até batalhas que é a parte mais chata, mas o mais importante para nós é isso, a diversão, e manter a cultura acima de prêmios, edições que só são oque são, e foram oque foram, pq quem colou tornou cada uma especial da sua maneira, uma ideia vem sendo firmada, busque mais conhecimento, busque se divertir mais, busque fazer a cena crescer mais, busque transformar de maneira positiva, busque acima de tudo fazer o bem e bem, para colhermos isso na cultura daqui para frente! NÃO SEREMOS ETERNOS COMPETIDORES, MAS ETERNOS HIPHOPERS.
FAÇAMOS A DIFERENÇA! 

MENOS COMPETIÇÃO E MAIS DIVERSÃO!

 a BRIGADA HIP HOP APOIA ESTA IDEIA....

A História da sua Empresa feito pelo facebook...

video
Nosso negócio, Desde 1999 a ideia e uma so divulgar a nossa cultura, fazer acontecer....

terça-feira, 8 de março de 2016

RECIFUSION 8 | Do caos à lata De 18 a 27 de março de 2016

O Recifusion teve início em 2009, como uma comemoração entre amigos ao Dia Nacional do Graffiti (27 de Março). 

Com o decorrer dos anos, o evento tomou grandes proporções, tornando-se um dos maiores festivais de artes visuais com foco em graffiti no Nordeste. É respaldado em todo o território nacional e começa agora a ser reconhecido internacionalmente.

A cada edição, o Recifusion se apresenta de forma inédita, desde o local, até conteúdo que envolve: exposições, painéis de graffiti, oficinas, palestras, debates, seminários e intervenções pela cidade.

O Recifusion chega a sua 8ª edição no período de 18 a 27 de março de 2016 com o tema: ‘Do caos à lata’, em comemoração ao aniversário de 50 anos de Chico Science. Serão dez dias de ações promovendo a difusão de conhecimentos e dando acesso aos interessados à informação cultural relacionada ao universo do graffiti.
As ações propostas tem por intuito contribuir com a promoção da inclusão, desenvolvimento social, acesso a cultura e autonomia de todos(as) os/as artistas e cidadãos em geral.

se liga pra saber mais e acessa: https://www.facebook.com/Recifusion

Assessoria de Imprensa
Rafaella Ribeiro
Email: comunicacao@recifusion.com | a.rafaellaribeiro@gmail.com
Tel: (81) 99722-5121
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...